Alegria x Tristeza

No mundo empresarial poderia-se imaginar que a alegria seja apenas o resultando de uma vida de sucesso, por isso, sendo que o sucesso não é uma coisa de todo dia, o que acaba por dominar o coração é uma mal escondida tristeza. O Papa Francisco em sua Exortação Apostólica “A Alegria do Evangelho” nos monstra como a alegria e a tristeza dependem daquilo que escolhemos como centro de nossa vida.

 

 “2. O grande risco do mundo atual, com sua múltipla e avassaladora oferta de consumo, è uma tristeza individualista que brota do coração comodista e mesquinho, da busca desordenada de prazeres superficiais, da consciência isolada. Quando a vida interior se fecha nos próprios interesses, deixa de haver espaço para os outros, já não entram os pobres, já não se ouve a voz de Deus, já não se goza da doce alegria do Seu amor, nem fervilha o entusiasmo de fazer o bem.

 

Este é um risco, certo e permanente, que correm também os crentes. Muitos caem nele, transformando-se em pessoas ressentidas, queixosas, sem vida. Esta não é a escolha duma vida digna e plena, este não é o desígnio que Deus tem para nós, esta não é a vida no Espírito que jorra do coração de Cristo ressuscitado.

 

3. Convido todo o cristão, em qualquer lugar e situação que se encontre, a renovar hoje mesmo o seu encontro pessoal com Jesus Cristo ou, pelo menos, a tomar a decisão de se deixar encontrar por Ele, de O procurar dia a dia sem cessar...  Este é o momento para dizer a Jesus Cristo: «Senhor, deixei-me enganar, de mil maneiras fugi do vosso amor, mas aqui estou novamente para renovar a minha aliança convosco. Preciso de Vós. Resgatai-me de novo, Senhor; aceitai-me mais uma vez nos vossos braços redentores».

 

Como nos faz bem voltar para Ele, quando nos perdemos! Insisto uma vez mais: Deus nunca Se cansa de perdoar, somos nós que nos cansamos de pedir a sua misericórdia. Aquele que nos convidou a perdoar «setenta vezes sete» (Mt 18, 22) dá-nos o exemplo: Ele perdoa setenta vezes sete. ... Ninguém nos pode tirar a dignidade que este amor infinito e inabalável nos confere. Ele permite-nos levantar a cabeça e recomeçar, com uma ternura que nunca nos defrauda e sempre nos pode restituir a alegria. Não fujamos da ressurreição de Jesus; nunca nos demos por mortos, suceda o que suceder. Que nada possa mais do que a sua vida que nos impele para diante!”

 

Que o Senhor nos conceda de viver sempre a Alegria que nasce do encontro com Cristo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pe. Vando Valentini - Assistente Espiritual de ADCE SP

Please reload

Posts Recentes

Please reload

CONFIRA NOSSA AGENDA!

ADCE-SP - Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa de São Paulo

Venha nos visitar

 

Rua Santanésia, 528 - 1/ss

05580-050 - Butantã

São Paulo-SP

  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle

Entre em contato com a gente

 

Tel.: (11) 3726-8292 / 3726-8299  

                (11)96383-8292

 adcesp@adcesp.org.br

 

 

Site desenvolvido por LIF @2016